segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Ser Humano - complicado e grandioso.

"Abençoado os corações flexíveis pois nunca serão partidos" (Albert Camus).

A primeira vez que ouvi essa citação foi na série One Tree Hill (que eu amo), na voz do personagem Lucas Scott (Chad Michael Murray). E o personagem continua:

"Mas eu penso comigo mesmo; Se não partirem, não se curam.
E se não houver a cura, não há aprendizado.
E se não houver aprendizado, não há luta.
Mas a luta é uma parte da vida, não é!?
Então todos os corações precisam ser partidos?"

Pois bem, a luta é uma parte da vida. E que luta complicada é essa. Contra quem lutamos? Lutamos contra alguém ou só com nós mesmos? Temos um exército conosco ou em oposto? Perguntas difíceis, mas de uma coisa eu tenha certeza, nessa "luta" constante, lidamos sempre com pessoas.

E é aí que tudo se complica, pessoas diferentes que sempre te veem como o outro, como o errado, e que na realidade, invertendo os papéis, nos vemos como os únicos e corretos, certo!? O quão complicado é o ser humano...

E o quão grandioso também somos, capazes de verificar nossos próprios erros e crescer com eles, capazes de iniciarmos uma conversa com uma convicção, "armados", e ao decorrer enxergar que se estava agindo errado e pedir desculpas. O quão complicado e grandioso somos...

"[...] Então todos os corações precisam ser partidos?" Creio que não, mas acredito que quando se partem irão se regenerar muito mais fortes. Mas para se fortalecer precisa ser partido? Também não, então repito: o quão complicado e grandioso somos.

Suh Lopes.

5 comentários:

Me Barboza on 13 de outubro de 2009 05:51 disse...

Olá Suh,
Ao ler o seu post fiquei a lembrar dos versos de Gonçalves Dias na sua canção dos tamoios: "a vida é um combate que aos fracos abate, que aos fortes e aos bravos só pode exaltar!"
Penso no sofrimento sempre como um bem, num mal necessário...
Abraços!!!

Pedro Thiago on 13 de outubro de 2009 20:30 disse...

Oi, obrigado pelo comentario la no blog, tem um selo pra vc lah!

Abraços

***MissUniversoPróprio*** on 16 de outubro de 2009 06:05 disse...

É...acho que o meu nasceu pra ser partido... :/

Obrigada pela visita lá no blog, viu? Fique sempre á vontade!

Tô seguindo aqui também!

=**

††Fαℓℓєη Aηgєℓ†† on 17 de outubro de 2009 00:18 disse...

Pessoalmente, até mesmo por experiencia propria, acho que um coração partido ajuda bastante numa apredizagem. No meu caso, fez-me amadurecer quanto as ideias, fez-me mais sensivel e fez principalmente, eu me tornar o que sou hoje.
otima postagem!

:*

Lucas Lima on 30 de outubro de 2009 03:23 disse...

não especificamente, mas que as quedas são sempre precessoras de aprendizados ao levantar né, isso é fato, rs
bons dias

 

Mix do Todo Copyright © 2009 WoodMag is Designed by Ipietoon for Free Blogger Template